Juntos, Podemos mais…


A união de pequenos e médios Provedores de Internet, fortalece todos os associados e tende a implementar novas experiências. Desta forma nos tornamos mais fortes em nossa caminhada.

Idéias

Idéias

Novas idéas e serviços para os provedores como Integração SMS para gerenciadores, criação de PTTs Regionais e Central Telefônica com Gravação de Chamadas, etc

Projetos

Projetos

Consultoria e Assessoria completa para Autorização SCM junto à Anatel, ASN e Compartilhamento de Infraestrutura, beneficiando todos os associados efetivos.

Coletividade

Coletividade

Negociação com operadoras por melhores ofertas de link dedicado. Compras coletivas de equipamentos, serviços e demais necessidades dos pequenos provedores.

Associe-se à AproveBrasil

0

ASSOCIADOS

0

ESTADOS

0

PROJETOS SUBMETIDOS

0

SCM APROVADOS

Últimas Notícias


Nós postamos regularmente algumas notícias sempre relacionadas a nosso mercado de internet.

SÃO PAULO CONCENTRA 80% DO TRÁFEGO EM PTTS NO PAÍS

Em 2016, o IX.br atingiu pico de 2,1 Tbits/s de tráfego trocado. E, apesar de o país ter 26 localidades independentes para a troca de tráfego, São Paulo é responsável por 80% do volume transitado. Na capital paulista, o volume é de 1,54 Tbps. A concentração fez Milton Kashiwakura (NIC.br) cobrar mais diversificação por parte

ONGS TEMEM REGRESSÃO DE DIREITOS DIGITAIS NO BRASIL

Aconteceu na última semana em Guadalajara, no México, o 11º Fórum de Governança da Internet (IGF). O evento debate maneiras de como os 83 países que participaram do encontro podem ampliar o acesso à internet e contribuir para as metas de desenvolvimento sustentável, estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU). O IGF terminou tendo como

PROTESTE NÃO QUER ANATEL REGULANDO FRANQUIA DE DADOS

A Proteste, entidade de defesa dos consumidores, questiona a Anatel por querer regular a franquia de dados da telefonia fixa. Para a Proteste, serviço de conexão à internet não é um serviço de telecomunicações, como entende a agência reguladora, e, por isso, a Anatel não poderia regular, sozinha, as franquias de dados. O posicionamento da

AproveBrasilHome